titulo_sobre2.png

Artista multimídia, Lara Aufranc é cantora, compositora, atriz, cineasta e atriz. 

Iniciou sua carreira musical com a banda de soul e blues Lara e os Ultraleves ("Em boa hora" - 2015). Passados 2 anos, suas músicas já não se encaixavam no gênero da banda, e Lara lança seu 1º álbum solo, "Passagem". O disco teve repercussão positiva na mídia especializada, reconhecendo sua relevância cultural: “a diversidade de caminhos musicais joga o disco numa caixa inclassificável” – Thales de Menezes, Folha de São Paulo.

Hoje a artista apresenta seu novo trabalho, "Eu você um nó”. O disco conta com a direção artística de Romulo Fróes, diretor dos discos de Elza Soares ("A Mulher do Fim do Mundo", "Deus é mulher") e Jards Macalé ("Besta Fera"), além da participação da artista mineira Julia Branco.

O projeto foi selecionado em 1º lugar no Edital de Apoio a Criação Artística da Secretaria Municipal de Cultura, e a produção executiva foi inteiramente realizada pela artista. 

Suas músicas trazem mais perguntas do que respostas. Lara Aufranc convida o ouvinte a pensar sobre a sociedade, os meios de comunicação, imagem, amor e mulher. Musicalmente, a artista mistura referências improváveis como David Bowie, Rita Lee, Metá Metá e Portishead.


RELEASE IMPRENSA • EU VOCÊ UM NÓ

Uma batida dançante e ao mesmo tempo arrastada engatinha em direção ao ouvido e entra sorrateira. É assim que a sedutora "Eu você um nó", faixa-título do novo disco de Lara Aufranc, se introduz. O ruído/microfonia inicial é logo uma prévia da provocação que o álbum causa enquanto acontece.

A canção fala da relação com o outro, assunto que conduz o novo trabalho. É com voz firme que a cantora-compositora paulistana pede carinhosamente: "bandeira de amor, trincheira pra quê? Eu e você, um laço feroz, um braço, uma voz que vai nascer.”

Lara Aufranc não se preocupa em definir um gênero para as suas músicas. Em 2017 a cantora e compositora paulistana lançou o elogiado disco Passagem: “a diversidade de caminhos musicais joga o disco numa caixa inclassificável” – Thales de Menezes, Folha de São Paulo. Hoje, a artista apresenta seu novo trabalho, "Eu você um nó”, e mais uma vez afirma essa liberdade em 9 canções inéditas.

Como viver em grupo numa sociedade que supervaloriza o indivíduo? Num mundo que vemos refletido nas telas dos celulares, com pouca escuta e senso crítico, o que é imagem e o que é real? Como é o amor na contemporaneidade? O que significa ser mulher? Essas são algumas das questões trazidas pela artista.

Despida em foto de Gal Oppido, a liberdade de Lara Aufranc é forte como o nó que entrelaça suas canções. Sem pudor ou cerimônia, Lara mistura referências improváveis como David Bowie, Rita Lee, Metá Metá e Portishead. É uma voz que pergunta, pede reflexão, deságua num grito e seduz com um sussurro.

“Eu você um nó” foi gravado e mixado em janeiro e fevereiro nos estúdios na YB Music, na Vila Madalena. O projeto foi selecionado em 1º lugar no Edital de Apoio a Criação Musical da Secretaria Municipal de Cultura e tem direção artística de Romulo Fróes (Elza Soares - A Mulher do Fim do Mundo). “Eu nunca parei de compor. As ideias vem junto com a vida, no dia a dia. E com o prêmio do edital, pude trabalhar no repertório e nos arranjos com muito mais dedicação, além de poder contar com uma equipe maravilhosa” – conta Lara.

Sobre as parcerias que aparecem neste álbum, Lara responde "Música é uma arte que se faz em grupo, é maravilhoso poder compartilhar a experiência criativa". O disco tem obras assinadas em parceria com Meno Del Picchia, Tarso Jones (Joe Silhueta), Clima, Allen Alencar e Romulo Fróes, além da participação de Julia Branco em “Gritos na Avenida”, faixa escolhida para fechar o álbum.


EU VOCÊ UM NÓ

1. Eu você um nó (Lara Aufranc / Meno del Pichia)
2. Nada é o que é - part. Romulo Fróes (Lara Aufranc / Clima)
3. Pra um coração acordar (Lara Aufranc / Tarso Jones)
4. Só dessa vez (Lara Aufranc / Romulo Fróes)
5. A gente canta (Lara Aufranc)
6. Caldo seco (Lara Aufranc)
7. Entre o querer e o não querer (Lara Aufranc / Clima)
8. Cobertor de terra (Lara Aufranc / Allen Alencar)  
9. Gritos na avenida - part. Julia Branco (Lara Aufranc / Romulo Fróes)


FICHA TÉCNICA

Lara Aufranc: voz
Allen Alencar: guitarra, violão de aço e sintetizador
Daniel Doctors: baixo elétrico, synth bass e sintetizador
Victor Bluhm: bateria e percussão
Direção artística: Romulo Fróes
Gravado nos estúdios YB por Carlos “Cacá" Lima
Assistente de gravação: Frederico Gomes
Mixado e masterizado por Carlos “Cacá” Lima
A&R: Maurício Tagliari
Label manager: Benoni Hubmaier
Projeto gráfico: Pedro Cury
Foto: Gal Oppido

Todas as faixas editadas por Alternetmusic
Realizado com apoio Edital de Apoio à Criação Artística - Linguagem Música - Secretaria Municipal de Cultura


titulo_baixe2.png